Leia a História da familia de

Antonio Nardello e Angela Drago

e seus descendentes

(escrito inicialmente em 2011 e atualizado  em 18/10/2020) 
      
    

                                    Apos inicio desse trabalho de busca, buscamos contatos, localizamos a maioria dos descendentes de Antonio Nardello, que nasceu na Itália em 1856 na localidade de Santorso (veja abaixo mapas da cidade), situada na região de Veneto, próximo da cidade de Schio, Vicenza e Veneza.     

Na localidade de Santorso ele conheceu e casou-se com Ângela Drago, filha de Vicenzo Jugali Drago, que nasceu na localidade de Zane, proximo de Santorso em 1856, e na Itália tiveram os filhos de nome Francesco Nardello nascido em 1887, Giuseppe Nardello nascido em 1889, nascidos em Santorso na Italia.

 

                                Cidade de Santorso onde nasceu Antonio Nardello

 

****************************************** Antonio Nardello ***************************

 

Em 1898 Antonio Nardello e Ángela Drago, incentivados pelo governo italiano, decidiram  e imigrar para a América em especial o Brasil com os filhos pequenos, Francisco, (clique e veja a história desse herói), Giuseppe, que viajaram no navio <ainda não identificado>, desembarcando no porto do Rio de Janeiro, na ilha das flores, onde após alguns dias tomaram um outro navio de nome <ainda o não identificado>, com destino a cidade de Porto Alegre, ficaram hospedados na "hospedaria de charqueadas" e após alguns dias subiram de barco pelo rio taquari até a localidade hoje municipio de São Sebastião do Cai.

No dia seguinte deslocaram-se por terra até as proximidades do município de Caxias do Sul onde a comissão de imigração tinha um local de hospedagem (hospedagem dos Bugres) e preparação e espera para recebimento do lote e deslocamente até o lote recebido.

Alguns dias após deslocaram-se, até seus lotes de terra na localidade de Nova Trento,  hoje município de Flores da Cunha - RS, onde se estabeleceram e nasceram os filhos Maria Filomena Nardello em 1894, Abramo Nardello (1895) e o ultimo filho o João Elias Nardello em 1902.

Na localidade de Nova Trento(Flores da Cunha), nasceram os filhos do Casal, mas as terra não ajudava no desenvolvimento da agricultura, pois as terras cultivavéis eram poucas, e a topografia da região era montanhosa tinham muitos morros e e solo pedregoso, e antes do término do pagamento do lote ao governo, repassaram o lote de terras.

em 1903compraram e se instalaram-se em um novo lote de terras na localidade de "Santana Velha", distrio de Antonio Prado, onde ja estavam instalada uma colonização de imigrantes poloneses, que estavam se mudando-se para o norte do Estado.

No local Antonio Nardello e a familia construiu a casa em 1904, onde toda familia cresceu, os filhos casaram-se e mudaram-se para para outras localidades para iniciar nova vida. (A casa construida na localidade esta preservada pelo descendentes de Antonio Nardello/Giuseppe Nardello/Moises Nardello até hoje(2015), no município de Antonio Prado).

Em 1904 Antonio Nardello, com saudades da familia que deixara na Italia, mandou uma carta ao Pai Francesco Nardello e aos irmãos, mandando noticias e fotos da familia.

Em torno de 1920 Giuseppe Nardello, já casado e com familia numerosa construiu uma casa com tres andares com porão, no 1 º andar cozinha sala de jantar e o quarto do casal, no segundo andar quarto dos filhos e no sotão quartos para as visitas de parentes e amigos.

Eu neto de Giuseppe me lembro das visitas com minha mãe, de ter dormido nesse sotão, em colchões recheados com palha de milho, em noites frias que eram muito divertidos em companhia dos primos.

Alguns parentes, da Italia, já vieram visitar a casa onde moraram os descendentes de Antonio Nardello, já que ele deixou, na Italia, os pais e 3(tres) irmãos. Na foto abaixo a familia de Antonio Nardello em 1903, ja morando na localidade de Santana e no link a carta enviada aos pais na Italia em 1903.

 


 

 
Foto da Familia de Antonio Nardello e sua esposa Angela Drago

 

 

************************************* Giuseppe Nardello ***************************************************** 

 

     Giuseppe Nardello (n1889-f1943) nasceu em Santorso, na região no Norte da Italia, próximo da cidade de Schio na provincia de Vicenza com 2 anos de idade, em Antonio Prado conheceu Stella Marcon, filha de Andréa Marcon e Giudita Marchiori moradora na localidade de Nova Trento (hoje Flores da Cunha), casou em 1910 com Stela Marcon (n1891 - f1918), nascida na Comuni de San Martino di Lupadi no Veneto na Italia e o casal mudou-se para casa do pai Antonio Nardello e Angela Drago, compartilhando com os irmãos para  linha 2 de Julho, distrito de Santana em Antonio Prado.

 

Giuseppe com auxilio do pai, logo apos seu casamento, começou a construir a casa onde iria morar com a familia, durante a construção nasceram os 5 primeiros filhos que foram: Rosa Nardello (n1912), Pedro Nardello (n1913), Amabile Nardello (n1914), Ana Nardello (n1915), Antonio Nardello Neto (n1916 ).

 

 

Com falecimento de Stela Marcon em 1918 ele casou novamente em 1920 com Ângela Bellini, filha de Andréa Bellini e Maria Lucia Renosto, nascida em 1888 em Caxias do Sul, e passaram a morar na casa terminada e nela tiveram mais 6 filhos que foram: Lucia Nardello (n1929), Teresa Nardello (n1922), Regina Nardello (n1926), Catharina Nardello (n1928), Moises Nardello (n1931) e Maria Santina Nardello (n1933).

 

 

 

 

 

 

1 - Rosa Nardello (n1912 - f2001) nasceu em Santana, Antonio Prado, e conheceu e em 1932 casou com Primo Vancin (n1910 - f2001) na capela de Santana em Antonio Prado e logo após casamento mudaram-se para Santa Catarina, onde já moravam varios conhecidos de Antonio Prado, na linha Bonita na localidade Ouro no distrito de Capinzal.

Em Ouro nasceram os filhos: Moíses (1935), Veronica (1938), Geraldo (1940), Basilio (1942), Adelaide (1946), Lucia (1952).

Em 1953 mudaram-se para Catanduvas no Paraná onde ja moravam outros conhecidos oriundos de Santana, Antonio Prado e la tiveram os demais filhos:

Vilma (1954), Margarida (1956) e Salete (1956) e os descendentes Rosa e Primo moram em cidades proximas de Catanduvas no Paraná.

 

2 - Pedro Nardello (n1913 - f1927) nasceu em 1913 em Antonio Prado, falecendo em 1927 com 14 anos de idade em Antonio Prado.

 

3 - Amabile Nardello (n1914 - f1994) nasceu em linha Almeida Antonio Prado, lá cressceu e conheceu Domingo Riva (n1917 - f1998), filho de Romano Riva e Giuseppina Regina Borsatti, e em 1933 e casou na Igreja Matriz de Antonio Prado, o foram morar na casa paterna do marido, até a conclusão da sua casa na localidade de Santana e na localidade nasceram os  filhos:

Nelson Riva (n1940), Raul Riva (n1942), Hilda Maria Riva (1944), Waldir Riva (1945), Teresinha Riva (1946), Isolda Riva (1948), Jose Riva (n1949), Sergio Riva (n1953), Maria Zeli Riva (1955), Vicente Riva (n1957) e Nilda Riva (n1959).

Os descendentes desse casal moram em varias cidades do RGS (Antonio Prado, Vacaria, Porto Alegre, São Luis/Maranhão).

 

4 - Ana Nardello (n1915 - f1978) nasceu em linha Almeida Antonio Prado, lá conheceu Carmine Artuso (n1919 - f1987), filho de Domenico Artuso e Luigia Franceschini, e casou em 1938 em Antonio Prado, e foram morar na casa paterna do marido, na mesma linha Almeida, até construirem a sua propria casa, e ali nasceram todos os filhos que são:

Lídia Alvina Artuso (n1939), Natalício Antonio Artuso (n1941), Tarcila Stela Artuso (n1943), Vilodino Artuso (n1944), Delvino Artuso (n1946), Alcides Artuso (n1948), Mirim Artuso (n1950), Dorval Artuso (n1951), Lourdes Artus (n1954), Diva Artuso (n1956), Elza Artuso (n1959) e Vicente Artuso (n1961).

Os descendentes moram em diversas cidades no RGS.

 

5 - Antonio Nardello Neto (n1916 - f2004) nasceu em linha Almeida Antonio Prado, lá conheceu e casou em 1937 com Maria Fantin (n1918 - f2015), na capela de Santana na linha Almeida em Antonio Prado e tiveram no local os seguintes filhos:

Aleixa Nardello (n1938), Severina Nardello (n1945), Adelar Nardello (n1947), Luiza Nardello (n1950), Helena Nardello (n1952), Laudelino Nardello (n1954), Vicente Domingos Nardello (n1958) e Hilda Maria Nardello (n1961).

Os descendentes moram em diversas cidades no RGS. 

Em 1918 faleceu Stela Marcon, sendo que Giuseppe Nardello casou novamente em 1920 com Angela Bellini e nasceram mais os filhos abaixo: 

6 - Lucia Nardello (n1921 - f2005) nasceu na localidade de Santana em Antonio Prado, lá conheceu Basílio Panisson (n1923 - f2001), filho de Isidoro Panisson e Maria Lodi, e casou-se em 1940 em Antonio Prado. E o casal foram morar na casa paterna do marido na localidade de Santana em Antonio Prado e la nasceram os 3 primeiros filhos que são: Eurides Panisson (1943), Almezir Panisson (n1947).

Em torno de 1948 mudaram-se para Tapejara no RS, onde o Basilio já tinha parentes morando no local, e la tiveram os demais filhos: Irves Panisson (n1949), Marlei Panisson (n1952).

Os descendentes moram todos na região de Tapejara.

7 - Teresa Nardello (n1922 - f1997) nasceu em linha Almeida Antonio Prado, lá conheceu casou em 1960 com João Lavarda na capela de Santana na Linha Almeida Antonio Prado e tiveram 2(dois) filhos: Vilson Nardello Lavarda (n1962) e Odila Nardello Lavarda (n1965), e os descendentes ainda moram em Antonio Prado.

 

8 - Regina Maria Nardello (n1926 - f2016) nasceu em linha Almeida Antonio Prado, lá conheceu Avelino Oreste Fazolo (n1924 - f2016) e casaram-se em 1952 na capela de Santana na linha Almeida em Antonio Prado.

Logo após casamento e mudaram-se localidade de Seara em Santa Catarina no hoje municipio de Xavantina, onde tiveram os  filhos:

Older Fazolo (1950), Neura Fazolo (1951), Loris Nardello Fazolo (n1954), Zeli Nardello Fazolo (n1956) e Zanor Luiz Fazolo (1959).

Os descendentes moram em varias cidades em Santa Catarina.

 

9 - Catharina Maria Nardello (n1928 - f2011) nasceu em linha Almeida Antonio Prado, lá conheceu Candido Masiero (n1929 - f2004), filho de Baptista Masiero e Elisa Cadore, e casaram-se na capela de Santana na linha Almeida em Antonio Prado em 1949, e foram morar na casa paterna do marido e no local tiveram todos os filhos:

Emir José Masiero (n1950), Neli Maria Masiero (n1952) e Clovis Masiero (n1954).

em 1955 mudaram-se para Porto Alegre, e depois em 1965 para cidade de Canoas e os descendentes moram em Porto Alegre, São Paulo e Canoas.

 

10 - Moises Francisco Nardello (n1931 - f2006) nasceu em linha Almeida Antonio Prado, lá conheceu Lídia Marin (n1932 ), filha de Giovanni Giacomo Marin e Pierina Carra, e casaram em 1952 na capela de Santana na linha Almeida em Antonio Prado, e foram morar na casa paterna do marido. Moisés, foi o filho que permaneceu morando nas terras adquiridas por Antonio Nardello e Angela Drago, e la tiveram todos filhos:

Sergio Vicente Nardello (n1954), Celita Nardello (n1956), Zenor José Nardello (n1958), Ari Nardello (1962), Marinez Nardello (n1963), Leonir Nardello (n1966), Reli Nardello (n1968) e Leonel Nardello (n1970).

Os descendentes moram em diversas cidades no RGS, PR e MT.

 

11 - Maria Santina Nardello (n1933) nasceu em linha Almeida Antonio Prado, lá conheceu Dorvalino Lodi (n1930 - f2012) e casaram-se 1955 na capela de Santana na Linha Almeida em Antonio Prado.

Logo após o casamento mudaram-se para localidade de Seara em Santa Catarina hoje municipio de Xavantina, e la tiveram todos filhos:

Celso Santo Lodi (n1957), Clecio José Lodi (n1959) e Noeli Angela Lodi (n1961), e os descendentes moram em diversas cidades de Santa Catarina.

 

O Antonio Nardello, Giuseppe Nardello, Stela Marcom e Ângela Bellini estão enterrados no cemitério da localidade de Santana no município de Antonio Prado.

***************************** Maria Filomena Nardello *****************************

 

Maria Filomena Nardello (n1894 - f19__) nasceu na localidade de Nova Trento (hoje Flores da Cunha). Mudou-se com o pai em torno de 1915 para linha 2 de Julho em Antonio Prado (conhecida como Santana Velha), e la conheceu Angelo Pedron (n1895) com quem casou em 1915. Em Antonio Prado nasceram os seguintes filhos:

Desidério Pedron (n1917), Regina Pedron (n1921), Davi Ângelo Pedrão (n1925) e Teresa Pedron (n1927), Amabile Pedron (n1933).

 

Em 1932 aproximadamente, mudou-se com os 4(quatro) filhos para a localidade de Vila de Cerro Branco município de Caçador em Santa Catarina.

 

Em 1933 nasceu Amabile Pedron e após mais 4(quatro) filhos que faleceram todos ainda bebes.

 

Abaixo alguns comentários sobre cada um dos filhos de Maria:

1 - Desidério Pedron (n1917 - f20__) nasceu em Santana Velha Linha 2 de Julho Antonio Prado. Acompanhou os Pais Angelo Pedron e Maria Nardello quando se mudaram-se para Caçador em SC.

Lá conheceu Ana Pedron nascida em Caçador e casaram-se em 1940 e tiveram os seguintes filhos:

David Pedron (n1942), João Maria Pedro (n1944), Antonia Pedron (n1946) e Artemiro Pedron (n1948).

 

Os descendentes moram no entorno da cidade de Caçador em Santa Catarina.

 

2 - Regina Pedron (n1921 - f2002) nasceu em Santana Velha Linha 2 de Julho Antonio Prado. Com 15 anos acompanhou os Pais Angelo Pedron e Maria Nardello quando se mudaram-se para Caçador em SC.

Lá conheceu Caetano Gabardo (n1920) nascido em Caçador e casaram-se 1941 e tiveram na localidade os seguintes filhos:

Delfina Gabado (n1942), Angelin Gabard (n1944), Catarina Gabado (n1946) e Benjamin Gabado (1948).

 

Os descendentes ainda moram no entorno da cidade de Caçador em Santa Catartina.

 

3 - Davi Angelo Pedrão (n1925 - f2003) nasceu em Santana Velha Linha 2 de Julho Antonio Prado. Com 7 anos acompanhou os Pais Angelo Pedron e Maria Nardello quando se mudaram-se para Caçador em SC.

Lá conheceu Rosalina Dileta Dambros (n1934) nascida em Capinzal-SC e casaram-se em 1953 e tiveram na localidade os  seguintes filhos:

Dalvanir Jose Pedrão (n1954), Dalcir Pedão (n1955), Diva Pedrão (n1957), Alvadi Pedrão (n1958), Assis Pedrão (n1962), Marcio Pedão (n1968) e Elcio Pedão (n1971).

Os descendentes moram nas cidades de Caçador-SC, Campos Novos-SC, Curitibaos-SC em Santa Catarina.

 

4 - Teresa Pedron (n1927) nasceu em Santana Velha Linha 2 de Julho Antonio Prado. Com 7 anos acompanhou os Pais Angelo Pedron e Maria Nardello quando se mudaram-se para Caçador em SC.

Lá conheceu Boleslau Gonzzalla (n1925) e tiveram os seguintes filhos:

Gelci Madalena Gonzzalla (n1948) e Juvila Gonzzalla (n1947).

 

Os descendentes moram em Santa Catarina.

5 - Amabile Pedron (n1933) nasceu em Campos Novos em Santa Catarina. Cresceu e conheceu na localidade Fidêncio Cofferri (n1928) nascido em Cruz Alta-RS, e casaram-se em 1953 em Caçador, e tiveram os seguintes filhos:

Leonildo Cofferri (n1954), Adelires Cofferri (n1955), Inês Cofferrri (n1956), Gilmar Cofferrri (n1957), Marilda Cofferri (n1958), Vilmar Cofferri (n1959), Ortenila Cofferri (n1961).

Os descendentes moram no enrorno da cidade de Caçador - SC.

 

A Maria Filomena Nardello e Ângelo Pedron faleceram em Caçador-SC e estão enterrados no cemitério de Vila de Cerro Branco no município de Caçador em Santa Catarina.

 

*********************************************************************** Abramo Nardello **********************************************************

                               Abramo Nardello (n1897 - f1960) nasceu em 1897 na localidade de Nova Trento (hoje Flores da Cunha) na época distrito de Caxias do Sul-RS, La conhesceu Josefina Lora (n1896 - f1944) com quem casou em 1918, e nessa localidade nasceu sua primeira filha a Odila (1918).  

 

Em 1920 buscando melhoria de vida e instigado por seu espírito aventureiro e com visão de futuro na busca de melhores disa para os filhos e netos, mudou-se com a mulher e filha e em companhia da mãe Ângela Drago (viúva desde 1918 de Antonio Nardello) para a localidade Jaguarate na época distrito do município de Erechim, juntamente com outros parentes da esposa, onde adquiriu um lote de terra.

E no local nasceram os filhos:

Santa Lucia Nardello (n1920), Romano Nardello (n1921), Maria Teresa Nardello (1923), Maria Madalena Nardello (n1927), Luiza Nardello (n1931), Pedro Nardello (n1932), Inês Nardello (n1933), Santina Nardello (n1937), Jacob Nardello (n1938), João Nardello (n1939).

 

 

 

 

1 - Odila Nardello (n1918 - f2002) nasceu no distrito de Nova Trento (hoje Flores da Cunha), mas depois mudou-se para localidade de Jaguarete distrito de Erechim, onde conheceu e casou-se com Fiorelo Ferrari (n1918 - f1986) em 1939, e tiveram os seguintes filhos:

Gema Ferrari (n1940), Benjamin Ferrari (n1942), Josefina Ferrari (n1944), Inês Ferrari (n1946), Anna Ferrari (n1948), Hortencia Ferrari (n1950), Lídia Ferari (n1952) e Severino Ferrari (n1954), e todos os descendentes moram na região.

2 - Santa Lucia Nardello (n1920 - f2003) nasceu no distrito de Jaguarete de Erechim, onde conheceu Pedro Spazzini (n1919 - f1999) e em 1942 casou-se na localidade e tiveram os seguintes filhos:

Anacleto Spazzini n1943), Abrelino Spazzini (n1944), Ari Spazzini (n1946), Abramo Spazzini (n1951), Aquilino Spazzini (n1949), Alexio Spazzini (n1953), Arlindo Spazzini (n1955) e Teresinha Spazzini (n1957) e todos ainda moram na região.

3 - Romano Nardello (n1921 - f2004) nasceu no distrito de Jaguarete de Erechim, onde conheceu Carolina Ferrari (n1922) e casaram-se em 1946 após término da II Guerra Mundial na qual participou como soldado do Exercito Brasileiro, e tiveram os seguntes filhos: Maria Nardello (n1947), Maximo Nardello (n1949), Natalino Nardello (n1951), Clair Nardello (n1953) e Nilva Nardello (n1955) e todos os filhos ainda moram na região.

 

(veja a historia da participação de Romano Nardello, na IIª Guerra Mundial na Italia)

 

4 - Maria Teresa Nardello (1923 - f1997) nasceu 1923 na localidade de Jaguaretê distrito de Erechim e faleceu em 1997 em Erechim.

 

5 - Maria Madalena Nardello (n1927) nasceu no distrito de Jaguarete de Erechim não casou. 

 

6- Luiza Nardello (n1929 - f1959) nasceu no distrito de Jaguarete de Erechim, onde conheceu Zeno Enci e casaram-se em 1951 no local tiveram os filhos: Alberico Enci (n1952), Teresinha Enci (n1954), Maria Salete Enci (n1956), e os descendentes ainda moram na região.

 

7 - Pedro Nardello (n1931) nasceu no distrito de Jaguarete de Erechim, mas com 17 anos mudou-se com o pai Abramo Nardello para cidade de Santa Helena no Paraná.

Mas em 1950 voltou para Jaguarete Erechim e ficou morando com o irmãos, pois tinha deixado a namorada Odila Nava com quem casou em 1952, e tiveram os filhos:

Clair Nardello (n1954), Sergio Nardello (n1956), Salete Nardello (n1958) e Silvana Nardello (n1960), e todos os descendentes desse casal moram na região de Erechim.

 

8 - Inês Nardello (n1933) nasceu no distrito de Jaguarete de Erechim.

 

9 - Santina Nardello (n1937) nasceu no distrito de Jaguarete de Erechim, mas com 11 anos mudou-se com o pai Abramo Nardello para cidade de Santa Helena no Paraná. Em Santa Helena conheceu Sebastião de Oliveira (n1936) e casou-se em 1966 em Santa Helena no Paraná e tiveram os  seguintes filhos:

João de Oliveira (n1968), Paulo de Oliveira (n1967), Salete de Oliveira (n1969), Ivete de Oliveira (n1972) e Teresinha de Oliveira (n1979) e os descendentes

ainda moram na região de Santa Helena no Paraná.

 

10 - Jacob Nardello (n1938) nasceu no distrito de Jaguarete de Erechim, mas com 10 anos mudou-se com o pai Abramo Nardello para cidade de Santa Helena no Paraná.

Em Santa Helena conheceu Maria Gracia Thomé (n1944 - f2018) e casaram-se em 1970) e tiveram os filhos: Maria Clarice Nardello (n1970). Cleide Teresinha Nardello (n1972), Cleimar Antonio Nardello (n1974).

Alguns filhos dos sr Jacob (inclusive ele) moram em Bento Gonçalves- RS, e outros casaram e moram na região de Santa Helena no Paraná.

11 - João Nardello (n1939) nasceu no distrito de Jaguarete de Erechim, mas com 09 anos mudou-se com o pai Abramo Nardello para cidade de Santa Helena no Paraná.

Em Santa Helena conheceu casou com Maria Correa Soares (n1940) e casaram-se em 1970 e tiveram os seguintes filhos:

Ercio Nardello (n1972), Edinei Nardello (n1974), Edineia Nardello (n1975), Edmar Nardello (n1976) e Elder Luiz Nardello (n1979).

Algum tempo depois voltou com a familia para regão de Bento Gonçalves e os descendentes moram na região de Bento Gonçalves.

Em torno de 1948 Abramo já viúvo, recebeu um convite para mudar-se para o Oeste do Paraná, onde havia boas terras e baratas, e mudou-se para Santa Helena próximo do hoje lago de Itaipú, e foram com ele os filhos João, Jacob, Maria Madalena e Santina.

 

Josefina Lora esta sepultada na localidade de Santa Helena-PR, próximo do município de Toledo-PR. O Abramo Nardello ficou doente e acabou falecendo em 1954, estando enterrado no cimitério da  localidade de Santa Helena-PR.

 

 

                              

****************************************************************** João Elias Nardello ***********************************************************

 

 

João Elias Nardello (n1902 - f1948) nasceu na localidade de Nova Trento hoje Nova Roma do Sul. Mudou-se com o pai em torno de 1915 para linha 2 de Julho em Antonio Prado (conhecida como Santana Velha).

conheceu Josefina Cléia Mondadori (n1907 - f1989) nascida em Vila Ipê e casaram em 27/02/1926 no distrito de Vila Ipê.

 

Após casamento permaneceu na localidade de Santana em Antonio Prado, onde nasceram os seguintes filhos:

Esther Nardello (n1927), Eli Antonio Nardello (n1929), Teresinha Nardello (n1931)e a Hilda Nardello (n1932).

 

Josefina Clelia Mondadori Nardello, após a morte do marido João Elias em 1948 e de seu pai Emilio Calixto Mondadori em 1947, mudou-se em 1950 com os 4(quatro) filhos para Concórdia em Santa Catarina, sendo que Ester tinha 23 anos, Eli 21 anos, Teresinha 19 anos e Hilda 18 anos.

 

 

1 - Ésther Nardello  (n1927 - f2012) muito jovem foi professora na Escola Municipal de 1º grau na linha Almeida em Antonio Prado.

Após mudar-se em 1950 para Concórdia em SC, onde conheceu e casou em 1954 com João Carlos Lucyck (n1926) e em Concordia - SC nasceu sua unica filha Inalva Lucyck (n1956) mudando-se para Toledo no Paraná junto com sua mãe Josefina Cléia Mondadori Nardello,  os descendentes moram na região.

 

(veja mensagem lida no seu sepultamento em 6/05/2012 por Claudio Mioranza, seu sobrinho).

 

2- Ely Nardello (n1929 - f1990) morando em Concordia-SC formou-se em Contabilidade, e conheceu Ercilia Zandonai (n1930 - f2018) e casou-se em 1950 em Concordia.

Logo após casamento mudou-se para a cidade da Marechal Candido Rondon no Paraná, onde nasceram os filhos:

Silvana Nardello (n1952), Farida Nardello (n1954) e Eli Antonio Nardello Junior (n1956).

 

Os descendentes moram na cidade de Marechal Candido Rondon no Paraná. 

 

3 - Teresinha Nardello (n1931) após mudar-se para Concórdia em Santa Catarina conheceu e casou com Amadeu Munaretto (n1930 - f2018) e teve os filhos:

Fernando Munaretto (n1954) e Claudio Munaretto (n1956).

 

Os descendentes ainda moram até hoje na cidade de Concordia.

 

4 - Hilda Nardello (n1932) após mudar-se para Concórdia, conheceu e casou-se com Waldemar Mioranza (n1930 - f2011), em 1954 e foram morar em Laranjeiras do Sul em Santa Catarina, onde nasceu o filho Hildemar Mioranza (n1956).

Em 1957 mudou-se novamente para cidade de Cascavel - SC onde nasceu o filho Flavio Mioranza n1958),

e finalmente em 1959 mudou-se para cidade de Toledo no Paraná onde nasceu o filho Claudio Mioranza (n1960).

 

Os descendentes moram na região do entorno de Toledo no Paraná.

 

Pesquisa efetuada por:

Emir Jose Masiero